domingo, 28 de agosto de 2011

Forte Terremoto da Costa Leste dos EUA é Bastante Incomum

Crédito: Google Maps


Os sismólogos disseram que o forte terremoto que sacudiu o leste dos Estados Unidos na terça-feira passada, foi bastante incomum em sua gravidade, embora fosse centrada em uma parte da Virginia conhecida por tremores menores. O terremoto inicial, que registou uma magnitude de 5,9 graus, pouco antes das 02:00 EDT, foi sentido a partir das Carolinas para a Nova Inglaterra.

"Um deste tamanho é muito incomum", disse Karen Fisher, professora de sismologia da Universidade de Brown e presidente eleita da seção de sismologia na União Geofísica Americana. "Este é o maior terremoto, de longe, que eu estou ciente de que lá ocorreu na história recente."

Karen disse que, o epicentro do terremoto na região central da Virginia, está em um área chamada de Zona Central Sísmica da Virginia, assim registrada no Serviço Geológico dos EUA.  Enquanto a força do tremor foi incomum, a ampla disseminação das ondas de choque foi comum para a Costa Leste, de acordo com Peggy Hellweg, um sismólogo de pesquisa no Laboratório Sismológico Berkeley, na Califórnia. Hellweg disse em entrevista, que isto é devido principalmente, à diferença de terreno. 

"Nossa terra é toda feita com material picado ... como uma pilha de bolas de gude", o que significa que as ondas de um terremoto não se espalham para fora de determinadas áreas, já no leste dos Estados Unidos as ondas se propagam livremente.

Fisher disse que, outra diferença entre a costa Oriental e Ocidental dos EUA, é que a Costa Oeste está sobre o limite entre duas placas tectônicas ativas, a da América do Norte e do Pacífico e a força dessas placas deslizam umas contra as outras gerando terremotos regularmente. No Oriente, ela disse, "Não há mecanismo de condução, em termos das duas placas deslizarem uma na outra ... é por isso que é muito mais incomum".

David Oppenheimer, um sismólogo do Serviço Geológico dos EUA, disse que tremores secundários devem ser esperados. "Você vai se sentir sismos de magnitude 3 a grandes distâncias ... Eu esperaria dezenas de tremores de desta magnitude".


Fonte: Fox News
Leia a notícia completa em inglês AQUI
Tradução e adaptação de texto: A.Mace
Colaboração: Gério Ganimedes - PQA



Comentário do Autor

“...Nada mais é como antes, nada mais é estável, nada é imutável. Céticos e cientistas, desistam dos padrões e das “tabelinhas convencionais”, estamos diante de uma nova era, onde antigas regras naturais, não regem mais nosso transformado planeta”.

A.Mace


sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Furacão Irene Registrado da Estação Espacial Internacional

O vídeo foi capturado do ISS Live Stream da NASA as 15h55min
Fonte: YouTube
Crédito: gerioganimedes - Projeto Quartzo Azul ©©

A.Mace

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Clima Descontrolado Num Planeta de Mortos Vivos

Foto crédito - Fox News 

Por A.Mace

Clima alterado, crosta terrestre instável, clima espacial instável, o desequilíbrio parece inevitável. Durante meses, estamos acompanhando incansavelmente o que acontece de anormal na área palpável de nosso planeta e o que podemos concluir é que as tão faladas mudanças climáticas estão em pleno andamento, posso até ir mais além, prevendo que logo estaremos vivendo a experiência de um “Katrina” global a nível intercontinental de desastres naturais, acompanhado não só de ventos em categorias elevadas, mas incêndios florestais incontroláveis, terremotos em escalas significativas intermináveis, sem deixar de lado uma reação em cadeia de erupções vulcânicas, afinal o planeta reage e  necessita respirar e trocar as energias acumuladas por milhares de anos de pressão tanto cósmica como de esgotamento humano de recursos, através da destruição de suas mais preciosas reservas químicas que antes, davam equilíbrio a seu delicado ecossistema. Mas, nós nada fizemos durante os incontáveis avisos da mãe natureza, agora iremos pagar um preço alto, por nosso total descaso.

Os Estados Unidos da América assolados, por nevascas, intermináveis furacões, inundações, incêndios florestais e agora também atingidos por uma série de abalos sísmicos, que parecem progredir a níveis perigosos e significativos nas escalas de tremores conhecidas. Rússia, China, Chile e esgotaríamos o espaço relacionando as centenas senão milhares de localidades no mundo todo sendo castigadas pelas intempéries do tempo e do clima.  Não esquecendo, o quanto, os oceanos estão se manifestando, com superpopulação de espécies, suicídios grupais de animais marinhos, índices de alcalinidade e acidez das águas sendo alterado bruscamente e uma série de outros fenômenos já expostos aqui neste espaço que quebram toda e qualquer regra estabelecida por uma natureza estável sadia e segura.

Penso apenas, o que nos aguarda, no “Dia Seguinte” da atual situação. Frio congelante, fogo no céu, chuva de lava, rios caudalosos invadindo nossas cidades, porque é assim que estamos atualmente. O que mais me revolta, é que as pessoas continuam caminhando pelas ruas como sempre, como se nada estivesse diferente, como “Zumbis”, indo para o trabalho voltando para casa, queimando combustível, poluindo o ar com fumaça e detritos, jogando lixo nas ruas, poluindo nosso silêncio com a música alta de suas buzinas tecnológicas, cada vez mais altas e continuam... Caminhando da mesma forma como verdadeiros “mortos vivos” por uma terra que não suporta mais tanto sofrimento. Este é nosso mundo, agora, neste minuto, mas o que será na próxima volta do ponteiro do relógio?

Parem para pensar e não deixem que a idéia, de que “tenho de continuar a vida sem me preocupar com isso”, como escuto diariamente de muitos que me cercam, seja o entorpecente nocivo e degradante, de uma sociedade de “mortos vivos”, que deixe você dormente, diante de tantos acontecimentos e sinais de um fim até agora inevitável.





Fonte do vídeo: Fox News
Texto: A.Mace

A.Mace

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Pode o Aumento da Atividade Solar, Aumentar o Risco de Câncer dos Passageiros Aéreos?


Bilhões de partículas e raios extra-terrestres que pulverizam a Terra, poderiam ameaçar a segurança de passageiros de aviões, alertou um especialista. Mudanças dramáticas na atividade solar, podem aumentar o risco de danos cancerígenos às células de passageiros a bordo de aviões que cruzam os polos, afirma o professor de física Ambiental Espacial, Mike Lockwood. Ele disse que as pessoas que fazem regularmente, voos de longo curso, podem estar particularmente, em risco, sob os efeitos da radiação solar.

No futuro, pessoas que voam seguidamente, para o Canadá ou a costa oeste dos EUA, deveriam considerar, que pelo menos, duas ou três vezes por ano, submeterem-se a exames de triagem cancerígena, disse ele. O professor da Universidade de Reading insistiu que não está sendo alarmista, mas quer que as pessoas estejam conscientes dos riscos potenciais à saúde. Seu alerta se concentra sobre as mudanças na atividade do campo de turbulência magnética do sol.

Os sinais são de que estamos saindo de um período de décadas de alta atividade, durante o qual o sol foi coberto em dezenas de pontos, manchas, escuras e cuspiu vastas chamas e bolas de gás superaquecido do tamanho de planetas. Entre este e o próximo período tranquilo está uma "zona de perigo", durante a qual os raios mais perigosos criados por explosões da estrela e partículas perigosas, compostas por nuvens de gás expelidas pelo sol.  Em doses muito elevadas, podem causar alterações cancerígenas nas células do corpo.
O campo magnético da Terra serve de  escudo para os danos causados pelo Sol, para a maioria de nós, mas os que voam em altitudes elevadas, sobre os pólos, poderiam estar em perigo, disse o professor. O pesquisador também "instou" a indústria de aviação, para verificar a eletrônica dos aviões, que foi projetada sem previsões, para esta modificação do clima espacial. O Professor Lockwood, que detalhou sua advertência, na revista "Geophysical Research Letters", disse: "Eu não estou sendo alarmista". O professor disse que não há regulamentação sobre exposição à radiação, para passageiros de avião. Ele disse: "A análise mostra que o risco dos efeitos espaço-tempo são consideravelmentes maiores no próximo século, em comparação, com a atual era do clima espacial".

Fonte: Daily Mail - UK
Leia a matéria em inglês AQUI
Tradução e adaptação de texto: A.Mace


Comentário

Agora vocês já sabem. Se forem voar, ... Não saiam sem protetor solar fator cinquenta, ou vocês literalmente, estarão fritos!

A.Mace



quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Crosta Terrestre Apresenta Instabilidade. Quando Vamos ser Comunicados?

Foto: ru.wikipedia.org/NASA/JSC

Vulcão Chivelutch, situado na península de Kamchatka, Extremo Oriente da Rússia, lançou uma coluna de cinzas para uma altura de quase 8 quilômetros sobre o nível do mar. Este foi a mais forte erupção do mês. Além disso, foi registrada uma série de terremotos na região do vulcão, que durou cerca de meia hora. Avalanches incandescentes estão descendo a encosta do Chivelutch. Chivelutch é o vulcão activo mais setentrional de Kamchatka. Tem uma altura de mais de 3 mil metros. Tem aumentando a sua atividade desde de maio 2009.

Fonte: Voz da Rússia


Por Abreu

Como, nos últimos dias, os "eventos" estão ocorrendo de uma forma mais acentuada  resolvi fazer uma pesquisa sobre os "tremores mais relevantes", segundo registros mantidos pelo Portal Voz da Rússia. Do dia 10 até o dia 16 de agosto ocorreram tremores de terra, em todos os continentes, acima de 5,5 GRAUS (exceto no dia 14, quando ocorreu um tremor de 5,1 graus). Por oportuno cumpre informar que as Agências noticiosas não mais dão destaques a tremores abaixo de 5 graus, pois temos tido a ocorrência de até 17 tremores em único dia.

Apenas a título informativo:

Do dia 14 até às 12 horas do 17, já ocorreram 59 tremores, EM TODOS OS CONTINENTES, SENDO QUE APENAS 2 DELES FORAM ABAIXO DE 4 GRAUS. Informações do Portal IRIS CONSORTIUM - TERREMUNDO - PLACAS EN MOVIMIENTO.

Reproduzo, abaixo, os maiores tremores nos últimos 7 dias, conforme registros do Portal Voz da Rússia.


16 de agosto 2011 12h56min

Terremoto de 6,5 graus atinge ilha de Sumatra.

Um terremoto de 6,5 graus Richter atingiu nesta terça-feira a região noroeste da ilha de Sumatra, no oeste da Indonésia, mas as autoridades não divulgaram informações sobre vítimas nem emitiram o alerta de tsunami.

15 de agosto 2011 11h05min

Terremoto de magnitude 5,9 atinge o sudeste do Equador.

Um terremoto de magnitude 5,9 foi registrado neste domingo na província equatoriana de Pastaza, no sudeste do país, informou o Instituto Geofísico local.

13 de agosto 2011 13h10min

Tremor de 5,5 graus na escala Richter sacode El Salvador.

Um tremor de 5,5 graus na escala Richter com epicentro no Pacífico sacudiu nesta sexta-feira zonas do oriente, centro e ocidente de El Salvador, incluindo a capital, sem que haja notícias de vítimas nem danos, informaram diversas fontes.

12 de agosto 2011 10h14min

Japão: Sismo de 6,0 registrado em Fukushima.

Um sismo de intensidade 6,0 ocorreu na noite de quinta para sexta-feira no nordeste do Japão, na província de Fukushima, não tendo sido lançado nenhum alerta de tsunami nem detetada nenhuma anomalia na central nuclear nos minutos seguintes.

11 de agosto 2011 17h20min

Terremoto de 5,8 graus no noroeste da China deixa 26 feridos.

Ao menos 26 pessoas ficaram feridas em um terremoto de 5,8 graus que atingiu nesta quinta-feira a região chinesa de Xinjiang (nordeste), informou a agência oficial "Xinhua". China: três feridos e 40 mil afetados por sismo de 5,2 graus

10 de agosto 2011 13h01min

Pelos menos três pessoas ficaram feridas e mais de 40 mil foram afetadas por um sismo de 5,2 graus de magnitude na escala de Richter que sacudiu a província de Yunnan na terça-feira...



Comentário 

Existe algo muito sério ocorrendo, seja de origem terrena ou espacial, que está afetando o núcleo da terra.  Estejam alertas,vigilantes e prevenidos para qualquer emergência.

Como ensina o ditado popular:

"Atrás de um peixe pequeno vem sempre um peixe grande" ... É a silenciosa e implacável linguagem dos fatos. 

Abraços

Abreu

Agradecimentos do Corneta Diário

A.Mace

terça-feira, 16 de agosto de 2011

Estranho Fenômeno na Califórnia – Presságio de um Evento Sísmico de Grandes Proporções?



O fenômeno atinge a região das falésias na costa da Califórnia. Vapor e fumaça estão brotando das encostas. Jatos de vapor saem entre as rochas e já estão preocupando a população, que tem sido afastada da região de risco.

Segundo geólogos, o fenômeno pode ter sido causado, quando a cinco anos atrás um deslizamento de terra, pode ter aberto uma fenda na encosta adicionando oxigênio num local subterrâneo super-aquecido.

A zona quente está sendo controlada, para manter os curiosos da praia, afastados. Bombeiros de Santa Barbara dizem que não há ameaça imediata ou risco para o público. 

Fonte: YouTube 
Crédito vídeo: Sheilaaliens 
Colaboração especial: Emelee



Comentário do Autor

Tomadas em conjunto, com o anúncio na semana passada, de lava fresca fluindo fora da costa do Oregon, eu diria que temos em curso o princípio de um grande evento sísmico de proporções catastróficas na costa oeste dos EUA. E como diz nosso grande amigo Abreu, “Sigamos atentos a silenciosa e implacável linguagem dos fatos ...” 

A.Mace

domingo, 14 de agosto de 2011

Sistema Climático Alerta – Onda de Calor Violenta Atingirá Costa Leste dos EUA.


Ilustração: Crédito - FoxNews.com

Cientistas alertam para onda de calor extrema que atingirá a Costa Leste dos EUA no final de agosto de 2011


A nova e promissora tecnologia prever eventos climáticos, pode predizer extremos  do clima com até 40 dias de antecedência, mas sua pretensão está fazendo meteorologistas veteranos “sentirem ondas de calor”.

A empresa EarthRisk Technologies, tem trabalhado em conjunto com o Instituto de Oceanografia da Universidade da Califórnia, em San Diego, para desenvolver a plataformaEarthRisk”  e o subsistemaHeatRisk” que podem ver as ondas de calor mortais, muito antes que elas aconteçam.

O modelo prevê um fim de mês “Quente” para os moradores da Costa Leste.
 

 

"Estamos vendo no HeatRisk sinais, como um quadro severo no tempo, para o final de agosto, no lado oriental dos EUA", explicou Steve Bennet, diretor científico do EarthRisk, mas apesar da taxa de sucesso de 80 por cento com suas previsões, Bennet advertiu que seu sistema é apenas uma ferramenta para os meteorologistas usarem e não uma previsão definitiva. Segundo Bennett, o sistema não está livre de falhas mas não há dúvidas de que alguns padrões estão se alinhando e que sinalizam uma maior probabilidade de calor no final de agosto.

Especialistas duvidam disso, pois, basta ver que o na área do tempo, as previsões de longo alcance são desconhecidos. Segundo Mike Halpert, vice-diretor do Centro de Previsão Climática, há uma lacuna muito grande nas últimas três ou quatro semanas.

De acordo com Bennett, "ter um modelo de clima se torna muito difícil por causa do caos". Se uma borboleta batendo suas asas, pode iniciar um furacão no outro lado do mundo, então, teoricamente, seria preciso controlar essas borboletas com precisão para prever o futuro.

"A modelagem da atmosfera é um processo muito complexo. Nós simplesmente não temos observações suficientes para ver que borboleta", disse Bennett ao FoxNews.com.

Com as atuais ondas de calor sufocante, que assolam os EUA, durante todo o verão, a previsão de longo alcance, certamente fornecem tempo de preparação de valor inestimável para os municípios.

"Ao oferecer projeções confiáveis,
​​sobre a probabilidade de uma onda de calor ou de frio extremo, com bastante antecedência, as empresas de energia podem implementar práticas de planejamento fundamental para atender a demanda de ar condicionado e aquecimento de forma mais eficiente e com menor custo", explicou Bennett.


Esta capacidade de previsão para mais de duas semanas é coisa esperada  de muito tempo, tanto para meteorologistas como de analistas de energia”, acrescentou.  Infelizmente, isso ainda pode ser um sonho distante.

Bennett, no entanto, é otimista, afirmando que, ao estudar os padrões meteorológicos diários e analisando como eles geraram os eventos de maior temperatura, sua equipe já "capturado" onde está a “borboleta”. Ele e sua equipe utilizaram, mais de seis décadas de dados meteorológicos históricos para fazer suas previsões. Enquanto o desempenho do passado não podem indicar os resultados futuros para os mercados financeiros, mas que certamente ajudam quando se trata de tempo.  A plataforma sendo alimentada com estes dados, tem precisão prevista de mais de 80 por cento, das frentes frias graves - pelo menos 15 a 20 dias de antecedência - que se formaram no Centro-Oeste e do Leste dos EUA entre 01 de novembro de 2010 e 31 de março de 2011, de acordo com a Reuters.

O HeatRisk também deu o aviso preciso, das ondas de calor do nordeste no início de junho e final de julho, os dois incidentes foram previstos corretamente, que acabaram sendo alguns dos dias mais quentes já registrados.

Por enquanto, o sistema está voltado para os grandes utilizadores industriais que poderiam utilizar essa informação para gerir as grandes decisões financeiras,  Bennett explicou.

"A medida que vamos para a linha debaixo, é certamente dentro do reino das possibilidades, que essa tecnologia poderia ser incorporada a uma plataforma a nível do consumidor - até a nível de apenas uma previsão de tempo básica, para qualquer um, o público", disse Bennett ao FoxNews.com.


Fonte: Fox News
Leia a notícia em inglês AQUI
Tradução e adaptação de texto: A.Mace

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Clima Espacial Está Provocando Alterações Climáticas Severas

Foto/crédito: www.d24am.com

Por Abreu

A "Onda de calor" que afetou os norte-americanos está descendo na direção da América do Sul. Teremos, provavelmente, temperaturas elevadíssimas em nossa primavera e verão e, por conseqüência, violentas tempestades e inundações.

Segue a Notícia:

09/08/2011 - 19h36

Estiagem provoca sensação térmica de 41 graus em Manaus

KÁTIA BRASIL DE MANAUS

O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) informou que a população de Manaus enfrentou sensação térmica de 41 graus, entre 12h e 16h desta terça-feira. O forte calor é decorrente da estiagem que ocorre na estação seca, que começou no mês passado na Amazônia Ocidental.

Nesta época do ano, a sensação térmica esperada é de até 37 graus.

Segundo a meteorologia Adalberto Veríssimo, há 13 dias não chove em Manaus. No mês de agosto, as chuvas oscilam, na média, 78,6 milímetros.

Hoje, a temperatura marcou 35,4 graus. A umidade relativa do ar está baixa, com 42%. "A população tem que beber bastante água para enfrentar esse período de estiagem", disse a meteorologia.

O Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) informou que análises mostram que as mudanças climáticas vão piorar as secas em parte da Amazônia. Segundo as projeções, alguns dos rios que cortam a floresta podem ficar sem navegabilidade.

O Serviço Geológico do Amazonas disse que a navegabilidade nos rios é crítica no sudoeste da Amazônia. O rio Acre enfrenta uma grande seca. No dia 4 de agosto o nível do rio chegou a 1,82 metros --faltando apenas 18 cm para se igualar à maior vazante, registrada em 2005. 

Naquele ano, o nível do rio Acre chegou a 1,64 metro.

O engenheiro hidrólogo Daniel Oliveira disse que a seca do rio Acre influencia a vazante do rio Purus, que é afluente do rio Solimões. Ele disse que é cedo para dizer se a seca será grande no Solimões, que, junto com o rio Negro, forma o rio Amazonas. "Por enquanto os níveis do Negro e Solimões estão normais", afirmou.

QUEIMADAS

Além da estiagem, Manaus já sofre com a poluição do ar em consequência das queimadas. No mês de julho, o Corpo de Bombeiros registou 72 incêndios florestais. A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade disse que antecipou a campanha de combate a queimadas com ações educativas. A fiscalização do órgão vai multar os responsáveis por queimadas.

Fonte: Portal Folha de São Paulo

Comentário
por Mace - Corneta Diário

Alterações na Dinâmica Elétrica, em consequência das explosões solares,  continuam fazendo vítimas e as autoridades continuam imóveis e caladas, até quando vão esconder a verdade?

Onde estão as autoridades, para revelar as reais causas da instabilidade elétrica? Antes era culpa da LIGHT, pois os casos estavam restritos a cidade do Rio de Janeiro e as desculpas "esfarrapadas" eram vazamento de gás no interior dos condutores subterrâneos, inundação nas galerias dos condutores elétricos e componentes, falha de transformadores. Só que agora os casos se espalham pelo Brasil e pelo mundo. 

Vão continuar em silêncio? Até quando os governos vão manter esta cortina escura, ocultando do público a verdade? Será preciso uma tampa de bueiro cair na cabeça de um político, deputado, governador ou prefeito e matar o infeliz ou algum ente querido deles? Será que o número de feridos como, conseqüência destas anomalias vai ter que aumentar, para que tomem a frente e apresentem justificativas e explicações plausíveis para o povo?

O que irrita, é que parece que somos completos ignorantes e imbecis ...

Acordem pelo amor de Deus! ... E vamos juntos, pressionar os órgãos governamentais, para que divulguem o que está acontecendo na VERDADE!

Segue a notícia:
Bueiro explode e deixa pedestre ferido no Centro de Belo Horizonte

Acidente ocorreu no cruzamento da Avenida Santos Dumont com a Rua Curitiba

Daniel Silveira – Landercy Hemerson
Publicação: 09/08/2011 21:14
Atualização: 09/08/2011 23:05

Esta foi à segunda explosão em rede subterrânea da Cemig na capital mineira em pouco mais de um mês; nas duas ocorrências houve vítimas.
Um homem de 32 anos ficou ferido na noite desta terça-feira na explosão de uma galeria da rede elétrica subterrânea da Cemig no Centro de Belo Horizonte. O incidente ocorreu por volta das 20h, na Avenida Santos Dumont, em frente o número 680, próximo ao cruzamento com a Rua Curitiba, e danificou parte de uma lanchonete. Em pouco mais de um mês, é a segunda explosão em galeria da empresa. Na tarde de 4 de julho, um adulto e uma criança tiveram ferimentos leves, em ocorrência semelhante ocorrida no cruzamento das ruas Carijós e Curitiba.

De acordo com testemunhas, Marcos Antônio Silva caminhava pelo local em companhia de dois colegas quando ocorreu a explosão. Ele foi atingido por destroços na cabeça, sofreu escoriações e teve a visão do olho direito afetada. Marcos foi socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) e levado para o Hospital João XXIII.

O balconista Edinei da Silva, de 38, que trabalha no Bar e Lanchonete Moeda, em frente ao local, disse que além da forte explosão, houve chamas que saíram da galeria pela grade. “O fogo se apagou sozinho. Mas as pessoas ficaram assustadas e correram para os fundos. Cerca de 20 clientes estavam aqui e nenhum foi atingido. Só mesmo o rapaz que estava na rua se feriu”.

Parte do teto de gesso do estabelecimento desmoronou. O gerente do bar, José Carlos Ferreira Silva, de 37, disse que funcionários da Cemig que estiveram no local não deram explicações sobre as causas da explosão e apenas isolou a área. “Ninguém falou como vai ficar meu prejuízo”. Devido a explosão, houve queda de energia na região por aproximadamente cinco minutos.
Fonte: Portal UAI

Colaboração: Abreu
Edição, montagem: A.Mace



sábado, 6 de agosto de 2011

Substância Misteriosa de Cor Laranja Aparece Numa Vila Remota do Alasca

Crédito: AP 2011

Substância gosmenta e misteriosa, de cor laranja, apareceu na vila de Kivalina, no Alasca. O vilarejo fica na costa noroeste cerca de mil quilômetros de Anchorage, Alaska. A Guarda Costeira diz que a substância não foi feita pelo homem e pode ser algum tipo de alga. Outros testes serão conduzidos.

A notícia atraiu todos os habitantes da cidade, ansiosos para dar uma olhada no fenômeno que cobria grande parte do porto e em seguida, na quarta-feira, começou a se espalhar por terra. No dia seguinte choveu e os moradores encontraram a substância laranja em cima dos reservatórios de chuva, que eles usam para coletar água potável. Também foi encontrado em um telhado, levando-os a acreditar foi espalhado pelo ar também.

Na sexta-feira, a substância laranja, da lagoa, havia se dissipado ou foi levada para o mar  e o que foi deixado em terra tinha secado e transformado-se em pó. Amostras da matéria laranja foram coletadas em frascos de conservas e enviadas para um laboratório em Anchorage para análise. Até que os resultados não sejam conhecidos, 374 habitantes de Kivalina, provavelmente continuarão a se perguntar o que exatamente aconteceu em sua aldeia.

"Certamente, neste momento é um mistério", disse Emanuel Hignutt, um químico da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Conservação do laboratório de Anchorage.

Kivalina, uma vila esquimó "Inupiat", está localizada na ponta de uma barreira de recifes a 12 km na costa noroeste do Alasca e fica localizado entre o Mar de Chukchi, ao norte com o Rio Kivalina, ao sul com o Rio Wulik.  Aldeões nunca viram nada parecido com isso antes e os anciãos nunca ouviram  nenhuma história de gerações passadas sobre uma substância de cor laranja que tenha atingido a cidade.

"Este é o primeiro evento deste tipo em Kivalina, que eu saiba", disse o vereador Austin Swan de 63 anos. 

Porções das amostras também serão enviadas para teste, na Universidade de Fairbanks do Alasca e para o laboratório Nacional de Administração Oceânica e Atmosférica na Carolina do Sul.

Hignutt disse: "Há certo número de especialistas nas áreas que podem identificar se é um material orgânico, ou o quer que seja esta substância, talvez não seja um material orgânico, mas vamos determinar o que é".  A Guarda Costeira já descartou a possibilidade de que a substância laranja, que algumas pessoas descreveram como tendo um aspecto pegajoso ao tocar, foi feita pelo homem, ou seja, algum derivado de petróleo. O que deixa como sendo as algas, como o melhor palpite, disse o administrador da aldeia, Janet Mitchell. A preocupação é o que o produto ou substância seja de alguma forma prejudicial.  Isto pode prejudicar a pesca e a caça que é 100% da subsistência da região.

Swan ajudou a coletar algumas amostras para testes e entrou dentro da lagoa. Ele pegou amostras da substância com luvas nas mãos. "A substância é muito leve, com uma espécie de pó na superfície, flutuando agrupada. Parecia fácil de empurrar assoprando e parte do material tinha um brilho, como se fosse petróleo, mas eu não pude sentir a textura de óleo".

Segundo Frances Douglas, um membro do conselho da cidade: "Quando o material se amontoava na lagoa, ele criou uma camada espessa de cor laranja brilhante. Quando o vento começou, ele acumulou alguns metros de largura. A cor era um laranja neon brilhante. Praticamente cobriu a extremidade sul da lagoa com faixas. Praticamente, todo mundo estava perplexo”.

Como a substância era desconhecida, as autoridades da cidade advertiram os moradores a manter as crianças longe da "gosma laranja" e pediram para os moradores, ferverem a água antes de beber, mas Mitchell disse que a água é outra preocupação, uma vez que a cidade não tem muita reserva, apenas dois tanques de água. Os tanques precisam ser enchidos durante o verão, através do Rio Wulik, para mantê-los durante o inverno. A cidade teve que parar o bombeamento, no último mês, antes da gosma aparecer, por causa de distúrbios da chuva. Agora eles tiveram que suspenderam o bombeamento até que descobrir o que esta substância é. E pelo que parece, Kivalina não esta sozinha, em relatar a estranha substância laranja. Shannon Melton disse que ela estava de barco no rio Buckland cerca de 241 quilômetros a sudeste de Kivalina, e o rio não estava com sua cor normal. Quando retornou ao rio na quinta-feira, disse que o rio tinha retornado a sua cor normal, mas alguns dos riachos fora do rio ainda tinham a cor laranja.



Fonte: Fox News

Leia a notícia em inglês AQUI

Tradução e adaptação de texto: A.Mace e Gério Ganimedes



Comentário do Autor
As coisas estão ficando muito esquisitas neste planeta e ninguém mais tem explicação para nada, ou têm e não querem falar?

A.Mace

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Paraguai – Terra Se Abre Misteriosamente

 Crédito: www.contexto.com.ar


O fenômeno ocorreu em uma área que está a dois quilômetros da cidade de Altos, na região central do Paraguai, perto de San Bernardino. A largura da rachadura tem 15 metros e joga para fora o calor e fumaça. Geólogos ainda não conseguiram explicar.


Ontem à noite, uma grande quantidade de fumaça, saiu das rachaduras que se formaram em uma linha de cerca de 70 metros de extensão, 20 metros de profundidade e 15 centímetros de largura. Os colonos jogaram galhos secos na abertura e eles queimaram rapidamente.

O número de fissuras estão localizadas a 1500 metros do centro de Altos, na fração de Hortênsia, da empresa Loteadora. É uma nova fração que não é habitada, a 300 metros está uma casa em construção CONAVI e perto de um riacho. É o caminho para a Loma Grande.  O local também pode ser localizado a 400 metros da principal rota de Altos. Anteriormente a área era uma pedreira.  As informações rapidamente se espalharam entre as pessoas que chegavam curiosas ao lugar do fenômeno. A polícia isolou a área num raio de 1.000 metros, para evitar conseqüências desastrosas, uma vez que o chão estava mudando. Os geólogos devem chegar ao lugar hoje para estudar o caso.

Em têrmos geológicos, parte do arco de Assunção, é constituído por rochas vulcânicas e metamórficas que são muito antigas. Esta região tem estado muito ativa para a existência de grandes falhas, que são as fraturas sofridas pela crosta. Se as fraturas forem profundas, podem levar a condutores de saída de gás ou lava vulcânica.



Tradução e adaptação de texto: A.Mace

Colaboração: Emelee - Projeto Quartzo Azul©©


Cometário do Autor

Está quase ... Atravessando a fronteira. É bom que este tipo de "contrabando geológico" não atravesse a ponte da amizade.

A.Mace 

terça-feira, 2 de agosto de 2011

Fim dos Tempos?

Texas Parks and Wildlife Inland Fisheries - San Angelo





Lago do Texas Torna-se Vermelho-Sangue

OC Fisher, um reservatório em West Texas, teve suas águas transformadas em vermelho-sangue nas últimas semanas.

Devido à implacável seca que atinge o Texas, o lago quase que inteiramente secou,​​ matando milhares de peixes. A partir da última semana de julho, quando esta foto foi tirada, as bactérias, reagindo a decomposição dos peixes transformou o lago em vermelho-sangue.

O lago no Texas que virou vermelho-sangue este verão, pode não ser um sinal de fim dos tempos, mas provavelmente é o fim da pesca popular e de um local de recreação.  A seca deixou o "OC Fisher Reservoir" no Parque Estadual San Angelo, em West Texas – EUA, quase que inteiramente seco.  A água que resta é estagnada, cheia de peixes mortos, numa cor vermelho, profunda e opaca.  Alguns crentes do apocalipse estão sugerindo que o "OC Fisher" é um sinal precoce do fim do mundo, mas funcionários do departamento de pesca do interior, dizem que a cor vermelho-sangue do lago é o resultado de bactérias Chromatiaceae, que prosperam na falta de oxigênio da água. "É de partir o coração", disse Charles Cruz, um técnico da vida selvagem do departamento.


Previsão do Fim dos Tempos


Desde a semana passada, tudo o que restou do lago era um pequeno lago com poucos metros de profundidade, disse Cruz. Haviam milhares de peixes mortos, disse ele, mas nenhum sinal de vida. Imagens desta piscina vermelho-sangue que circulam em linha em fóruns de pesca, chegaram aos ouvidos do pregador de Indiana, Paul Begley, que disse em um vídeo do YouTube que o lago pode ser uma evidência do apocalipse, como previsto pelo livro bíblico do Apocalipse.

"O segundo anjo derramou a sua taça no mar e se transformou em sangue como de um morto e todos os seres vivos no mar morreram," a passagem citada diz Begley.

"O terceiro anjo derramou a sua taça nos rios e nascentes de água e se tornaram sangue".

Begley não pode ter mais sorte em predizer o fim do mundo, do que Harold Camping, o pregador de rádio, que fixara a data para 21 de maio de 2011, mas enquanto a seca persistir, o "OC Fisher",  já não é mais um reservatório de água saudável e de vida.



Fonte/Crédito: Foxnews
Leia a notícia completa em inglês AQUI

Tradução e adaptação de texto: A.Mace



LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...