quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Estalactites de Gelo Mortais Registradas na Antártida



A natureza sempre nos revelando sua força transformadora e poder de destruição.


A “Estalactite de gelo” pode ser vista se estendendo em direção ao fundo do mar. Lentamente, ela cresce ao longo do tempo à medida que mais água congela em torno dela. Este fenômeno impressionante acontece sob a água do mar, se desenvolvendo e aumentando em proporções enormes, avançando em direção ao fundo do leito do oceano, destruíndo tudo o que toca. Na verdade congelando. A “salmoura” ou cone de água salgada congelada, afundando, é tão fria, que faz com que a água do mar congele em uma espécie de “cone da morte”. A tripulação da BBC gravou o este fantástico fenômeno da natureza pela primeira vez, no fundo do mar da Antártida.




A “Estalactite de gelo da morte” cresceu tão rapidamente para o fundo do mar, que as equipes puderam vê-lo avançando diante de seus olhos. A salmoura vem da superfície, pois é muito mais densa do que a água do mar e sua temperatura em função do sal é extremamente baixa e congelante ao toque.

O momento de difusão do cone é notável. O gelo começa a se expandir para fora, trnsformando-se numa espécie de cone invertido de gelo sob o mar. A salmoura é muito mais densa que a água do mar, por isso avança em direção ao fundo. Também é muito mais fria causando o congelamento ao toque. Quando a água do mar congela, uma vez, que entra em contato com o cone ou o que mais se parece com um tornado submarino, fica muito mais esponjosa do que o gelo normal. Este evento é observado na Antártida, quando a água com alta salinidade e congelada, avança para dentro do oceano.




Este fenômeno notável foi filmado debaixo d'água a temperaturas de -2°C pelos cinegrafistas da BBC, Hugh Miller e Doug Anderson na Ilha Little Razorback, perto do Arquipélago Ross na Antártida. Os cinegrafista Hugh Miller, relatou que o fenômeno durou horas e que a salmoura afundando, cresceu rapidamente diante de seus olhos. Embora a existência das “Estalactites” é conhecida desde a década de 1960, é a primeira vez que foi registrado por uma câmera.





Fonte: Daily Mail – Uk
Leia a notícia em inglês – AQUI
Direitos Reservados de fotografia - BBC



Tradução e adaptação de texto: Gério Ganimedes
Divisão Climática do PQA
Direitos Reservados de Tradução e Adaptação de Texto – Projeto Quartzo Azul©©
 

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Misteriosas Condições Climáticas Localizadas




Por Gério Ganimedes


Oklahoma - EUA


Quando pensamos em clima anormal, normalmente pensamos em precipitações improváveis, sons estranhos e inexplicáveis, atividade sísmica em regiões não atingidas por tremores, mas um clima destes normalmente só aparecia em filmes de ficção do tipo catástrofe, entretanto recentemente moradores de Oklahoma relataram que seu “mundo” virou de cabeça para baixo, depois de estranhos acontecimentos nos céus e embaixo da terra, depois que no decorrer de apenas um dia o mundo parecia que estava chegando ao fim em apenas uma área localizada. As testemunhas locais relataram os eventos como apocalípticos e eventos climáticos que deixariam diretores de filmes como “Twister e Poltergeist” com as calças molhadas.




Com certeza se os fenômenos ocorridos em Oklahoma no mês de novembro de 2011,  se espalhassem pelo mundo, certamente teria muita gente pensando que o mundo estava no fim.

Tudo começou como um conhecido tornado. O tornado rapidamente se tornou dois tornados e, em seguida, dois terremotos. Raios violentos no céu, ventos, o céu se tornou negro. Ruídos vindo do subsolo e tremores. Não são estranhas estas condições metereológicas em Oklahoma, até porque sua história esta no caminho dos tornados, no entanto a probabilidade de ter quatro grandes eventos, em apenas um dia, é ainda estatisticamente bastante pequena.

Então, qual é a causa dessa seqüência de eventos misteriosos? Em 2011 não é a primeira vez que o tempo tem agido estranhamente.

Estes eventos são culpa da mudança climática? Ou é o planeta, simplesmente passando por um momento difícil?

No momento parece que o esmagador consenso é que a Terra está passando por algum nível de mudança e pode estar sendo causada pelo homem através de algum experimento não divulgado nos meios oficiais.

Mas enquanto o mundo ainda se pergunta o que deve ser feito para parar os efeitos, alguns estão advertindo que podemos estar olhando para as manifestações de alguma alteração estrutural do planeta e as conseqüências devastadoras que ainda virão.

Estejamos preparados, pois este verão no Brasil – poderemos enfrentar situações climáticas, de deixar qualquer "valentão" assobiando fino.


Fiquem Bem


Gério Ganimedes
Direitos Reservados - Projeto Quartzo Azul ©©

domingo, 6 de novembro de 2011

EUA – Na Mira dos Abalos Sísmicos




Terremoto Atinge Oklahoma e a caminhada dos tremores pelo mundo, já preocupa autoridades Americanas.




Onda de terremotos pelo mundo parace estar mudando o alvo e já preocupa administração americana. Um fim de semana de tremores que rachou prédios, afetou a estrutura de uma rodovia deixou moradores e administradores de cidades americanas em alerta. O  tremor ocorrido na tarde de sábado foi o mais forte que o estado sofreu, sacudindo uma faculdade, um estádio de fute a 50 milhas de distância e foi seguido neste domingo por outro tremor forte. Não houve relatos de lesões graves, vítimas ou devastações nas primeiras horas após os terremotos.

O terremoto de magnitude 5,6 graus na escala Richter, ocorrido no sábado à noite teve seu epicentro perto de Sparks, a 44 milhas a nordeste de Oklahoma City e pode ser sentido em todo o estado, chegando a Kansas, Missouri, Arkansas, norte do Texas e algumas partes do Illinois e Wisconsin, segundo informações da geofísica Jessica Turner em divulgação para os “EUA Geological Survey”. A magnitude de 4,7 graus do terremoto de sábado foi sentida no início do Texas chegando ao Missouri.

Após o tremor principal, varios outros tremores secundários ocorreram. Vários relatos de proprietários e empresas, informaram várias paredes rachadas, estruturas caídas e outros danos menores. Entretanto em Shawnee, o corpo de bombeiros disse que uma torre, sobre o edifício da administração na Universidade de São Gregório, tinha sido danificada e outro estava se inclinando, de acordo com a rede de tv KWTV em Oklahoma City.

Um gerente de emergência, em Lincoln County, perto do epicentro, disse que a rodovia 62, uma estrada de duas pistas que serpenteia, através da paisagem, se tornou ondulante entre Oklahoma City e o estado do Arkansas, deformando-se em alguns lugares, onde o terremoto foi mais forte, na noite de sábado. Segundo outros relatórios oficiais, ainda incompletos, deste domingo, varias rachaduras em alguns edifícios, foram mencionadas e torres e uma grande chaminé foi derrubada.


Fontes: NOAA - Fox News


Comentário do Autor

A crescente subida na escala de tremores que se alastram pelo mundo todo , parece que agora chegou no coração da preocupação mundial. Enquanto os tremores apenas aconteciam em regiões de “pouca importância” para as potências globais, as coisas pareciam apenas caminhar de forma normal e pouco especulativa, mas agora o eixo central de uma das grandes potências mundias foi atingida e o temor de uma desgraça maior, começou a tirar o sono de muitas autoridades que, antes apenas viam as outras trajédias, como sendo um “probleminha” no terreno do vizinho. 

Como sempre digo: “A humanidade só mudará, seu comportamento destrutivo e dormente, diante das mudanças climáticas, quando estiver sendo empurrada na beira de um penhasco”.

Bem o penhasco já está diante de nós, e o planeta parece estar dando uma mãozinha, para nos empurrar em queda livre.


Gério Ganimedes
Direitos Reservados - Projeto Quartzo Azul ©©
  

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...