sexta-feira, 2 de março de 2012

Parasita “Alien” Ameaça a Vida dos Peixes do Mediterrâneo




Por Gério Ganimedes

Peixes do Mediterrâneo sob a ameaça de um terrível parasitaAlien”' que come as suas línguas, em seguida, vive em suas bocas.


Um horrível parasita tipo "Alien", que come as línguas de peixes, substituindo-as na boca de suas vítimas, está se espalhando no Mediterrâneo. Quase metade dos peixes de algumas áreas está infectada com este parasita maldito, que nada através das brânquias dos peixes jovens e em seguida ocupa a posição no topo da língua, crescendo e alimentando-se do sangue de suas vítimas. Os pesquisadores descobriram que o parasita "cerathotoa italica" - chamado 'Betty' pelos cientistas, está se disseminando rápidamente em águas de grande potencial de pescados.


Embora o parasita não apresente nenhum risco para os seres humanos, impede o crescimento dos peixes e reduz sua expectativa de vida.

Os pesquisadores descobriram que 'Betty' prosperou em áreas protegidas de pesca. Em uma área protegida perto de Espanha, apenas 30% dos peixes estavam infectados, já em águas italianas de pesca, 47% tinha sido vítima do parasita.

O Dr. Stefano Mariani, da Universidade de Salford, disse: “Esta é mais uma prova de que a exploração humana sobre as populações de peixes tem efeitos adversos e de longo alcance. Áreas com regulação deficiente têm peixes menores, mais jovens e, como estamos demonstrando agora, maiores níveis de infestação por parasitas mais nocivos”.

Segundo os pesquisadores o parasita é horrível. Fazendo lembrar-nos do protagonista sinistro do cinema “Alien – O Oitavo Passageiro”. É um animal altamente adaptado e especializado, muito bem sucedido. Infelizmente, o excesso de pesca perturba o equilíbrio do parasita e do hospedeiro, interferindo com todo o eco-sistema.

O Dr Salford Stefano Mariani e seus colegas do University College de Dublin e da Universidade de East Anglia inspecionaram estoques dePargo Listrado” em duas áreas do Mediterrâneo. Uma área em território espanhol, protegida da pesca e outra em águas italianas de intensa atividade pesqueira. Os pesquisadores também descobriram que o parasita causou efeitos piores sobre os peixes de áreas densamente povoadas e atividade pesqueira alta. Enquanto a infecção parasitária atrasa o crescimento e a condição do peixe italiano, não teve muitos efeitos detectáveis ​​sobre a fisiologia, das espécies coletadas na região espanhola preservada.


Fonte: Daily Mail – UK
Leia a notícia em inglês AQUI
Tradução e adaptação de texto: Gério Ganimedes
Direitos Reservados – Projeto Quartzo Azul©©

2 comentários:

  1. Este parasita: "Parasita “Alien” Ameaça a Vida dos Peixes do Mediterrâneo". É muito comum na boca, na cavidade branquial dos peixes de água doce e salgada de todo mundo. Não é nenhum alien é um crustáceo Isopoda que a milhares de ano convive muito bem com os peixes.

    ResponderExcluir
  2. Parece que você não compreendeu que o "alien" entre aspas foi apenas para fazer uma analogia com o filme e não dizer que ele é extraterrestre. Sou pescador a mais de 35 anos e sei que este tipo de parasita ataca nossas Corvinas aqui no Brasil - lá entretanto está aumentando demais a infestação.

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...