sábado, 28 de setembro de 2013

Óvnis Entre as Nuvens ou Manipulação de Imagens?




“Desconhecemos a tecnologia biológico-sintética que permite cruzar o tempo e o espaço, entretanto grandes cientistas como Einstein, demonstraram as possibilidades em suas teorias das viagens através do tempo”.


Por Gério Ganimedes


Quantos vídeos sobre avistamentos anômalos são compartilhados na internet e contém material ufológico que geram polêmica? Muito material é compartilhado, porém devemos analisar de maneira detalhada, para extrair o que de mais significativo aparecem nas filmagens.  O vídeo a seguir apresenta uma atividade no mínimo curiosa de alterações atmosféricas que podem nos conduzir a um portal de explicações muito além do que a ciência acadêmica pode traçar em fórmulas. Há algum tempo estamos acompanhando de perto fenômenos que estão muito além das explicações científicas.  São centenas de testemunhas, que vão de leigos a pilotos de aeronaves comerciais, que afirmam que a tecnologia agente do fenômeno, não é construída na Terra.

Clique no ícone acima
para ver o vídeo

Devemos mudar nossos conceitos de evolução tecnológica para poder compreender estes “dispositivos” transmutadores dimensionais. Sua estrutura interna é totalmente sintetizada possuindo elementos vivos com funções motoras, respiratórias, criadoras de atmosfera e suprimentos alimentícios. Possuem um controle inteligente manipulado por informações químicas e elétricas, daqueles que interagem e compartilham com esta tecnologia que ultrapassa a barreira do orgânico, associando características sintéticas, inclusive a combinação e reação química com compostos avançados como ligas metálicas assim como o titânio, encontrado nas amostras analisadas. Esta tecnologia – para muitos pode parecer ficção, mas os fatos estão provando que nosso mundo, tem rastros desta tecnologia, ainda impossível de ser copiada dentro de espectro muito limitado da visão humana. Por isso escondida e desacreditada pela ciência convencional.


Moscou - Rússia

Viajar através da barreira tempo-espaço, através de fendas reticulares temporais, de membranas entre universos, através de galáxias, buracos negros, e sistemas planetários, envolve bem mais do que combustível energia e sistemas de segurança. Envolve conhecimento e domínio da tecnologia orgânica de sistemas básicos para manter a vida intacta e longe de sofrer alterações, causadas pelos efeitos dos deslocamentos e transmutação de espaço, desintegração e recomposição molecular. Organismos vivos conseguem manter um determinado espaço ou universo dentro de si, estável, muitas vezes, quando os fatores externos são hostis e desfavoráveis. Como exemplo: “Um bombeiro quando no meio de um incêndio, sob ação do fogo, fumaça, altas temperaturas, enfrenta um território inóspito e caótico, no entanto dentro de seu corpo suas células, agem de forma totalmente automatizada, para manter o veículo externo, em funcionamento, mas não sofrem a ação direta do cenário hostil das chamas”. Um transportador orgânico é assim. Uma cápsula autônoma que protege seus tripulantes e sistemas vitais. Segundo especialistas da atividade paranormal, em toda transmutação de estágio energético, mudança de dimensão e materialização ou desmaterialização, esta substância, para quem já a conhece se faz presente e é fácil de encontrá-la logo após o evento ou aparição. 



A “gosma” ou substância é descrita como uma gelatina, aglomerada, meio translúcida e que se dissolve momentos depois de ter algum contato com ela. Mas o que é este subproduto de uma modificação estrutural e energética? Parece ser o resultado de uma transformação de estágio da matéria, assim como temos, sólido, líquido, gasoso e plasma, talvez, quem sabe tenhamos também um substrato da mudança dimensional. 


Artérias Orgânico-sintéticas já
desenvolvidas com tecnologia humana

Quem sabe no processo da passagem de uma dimensão ou universo para outro, comunicação entre portais, talvez seja necessário usar uma espécie de cápsula, casulo de dimensões variadas conforme a massa do ser transportado. Esta cápsula talvez seja constituída de material, orgânico-sintético, algum material que proteja o viajante programado para a viagem. Neste caso ao romper a barreira entre as dimensões ou ultrapassar o espaço-tempo, este viajante ou grupo de viajantes, numa espécie de quebra de barreira, podem ter seu veículo transportador, ou casulo de proteção rompido, neste momento a desintegração ocorre e uma explosão de energia estrutural do casulo. Explosões de luz, distorções ópticas entre nuvens e até mesmo rastros de luz como as deixadas por objetos que adentram nossa atmosfera. Estas “placentas sintetizadas”, que transportam seres multidimensionais ou de múltiplos universos, estão deixando marcas na nossa atmosfera. O que fazem aqui? Onde se escondem? São sobreviventes ou mensageiros, querendo transmitir algo ou descobrir algo?  Não será por isso, que são dotados de sistemas de camuflagem tão eficientes? Nuvens lenticulares ou óvnis? Sou defensor de que somos apenas poeira cósmica organizada e que muito antes de nós, existiram e evoluíram seres de inteligência superior. Nossos sentimentos mais básicos demonstram o quanto selvagens e primitivos somos diante das leis do universo.


Texto e teorias: Gério Ganimedes
Colaboração: Perva Ganimedes

Dedicado ao meu grande amigo Rubens e ao meu eterno amor ... Rosana (Perva Ganimedes).

Agradecimentos especiais aos leitores da Alemanha que estão sempre presentes prestigiando nossas pesquisas e matérias.

Gério Ganimedes
Direitos Reservados – Corneta Diário©©

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...